Potência de climatizador de ar: como saber a ideal?

Saber a potência de climatizador de ar ideal para o ambiente que se pretende climatizar é fundamental para que seja tirado o melhor proveito do aparelho. Quando iniciamos um projeto de climatização, as peças chave desse investimento são os equipamentos que serão instalados.

Dessa forma, garantir que a melhor escolha foi feita com relação a isso é uma garantia de ter feito um bom investimento e, consequentemente, ter bons resultados na regulagem térmica e purificação do ar.

Para te ajudar nesse processo, hoje falaremos sobre a potência de climatizador de ar para saber como escolher o aparelho com a capacidade ideal para o ambiente a ser climatizado.

Como funciona um climatizador de ar?

O climatizador de ambientes funciona através de um mecanismo de evaporação. Nele, o reservatório de água e os painéis evaporativos atuam juntos para colocar o ar em contato com a água fria e criar um processo evaporativo. Com isso, o ar é devolvido ao ambiente mais úmido, mais puro e com a temperatura reduzida. 

Esse é um dos grandes diferenciais do produto, pois ao passo que refresca e controla a temperatura, o climatizador também combate diretamente a proliferação de doenças de transmissão por via aérea e regula a umidade do ar, o que previne crises alérgicas e inflamatórias de problemas respiratórios.

Potência de climatizador de ar: como saber a ideal?

A potência de climatizador de ar é um fator determinante para saber quão eficiente será o uso do aparelho no projeto de climatização da sua casa ou empresa. Isso porque os climatizadores possuem modelos específicos para diferentes tamanhos de ambientes, variando em sua potência conforme cada necessidade. 

Dentro dessa lógica, quanto maior o espaço, maior deve ser o nível de potência do climatizador para que sua performance seja ideal. 

É por isso que é tão importante contar com um plano de climatização que tenha tomado como partida uma boa análise do local, levando em conta a circulação natural de ar, o fluxo de pessoas e os focos de calor que existem e onde ficam. 

Com essas informações bem direcionadas em um desenho técnico, é como se você pudesse visualizar como um todo o papel direto que a instalação dos equipamentos de climatização terão na prática. 

Dito isso, saiba que os climatizadores de ar com mais de 100 W tendem a ser mais potentes, isso pode ajudar na hora da escolha.

Por fim, tenha em mente que esse é um investimento de longo prazo que não terá um impacto pesado no seu bolso todo mês com a conta de luz, pois o consumo energético reduzido é uma das vantagens do climatizador.

5 Recomendações para escolher climatizador de ar

Agora que falamos sobre a potência de climatizador de ar, saiba como direcionar ainda mais sua escolha através de algumas recomendações:

#1 Reservatório

Como vimos antes, o reservatório do climatizador é uma peça chave para seu funcionamento. Dessa forma, para que você possa fazer um uso prolongado do aparelho sem desligar, o ideal é optar por um reservatório de pelo menos 7 litros de capacidade, o que garantirá cerca de 9 horas de uso. 

O tamanho do reservatório é que determina a quantidade de vezes que a água fria ou gelo precisa ser reposta para o bom funcionamento do equipamento, justamente por isso é importante analisar sua necessidade e disponibilidade para fazer essa manutenção conforme o tamanho do tanque do aparelho que você escolheu.

#2 Painéis evaporativos 

Os painéis evaporativos também possuem um papel importante no mecanismo dos climatizadores de ambientes, atuando na filtragem e no processo evaporativo.

Opte sempre por fornecedores cujos painéis evaporativos são de celulose, material que promove maior durabilidade ao seu equipamento. Qualquer outro material pode resultar em uma vida útil menor.

#3 Potência

Sabendo que a potência é que determina a capacidade de cada modelo de atender a necessidade do local conforme seu espaço e nível de temperatura, atentar para esse fator na hora da escolha também é primordial.

Leve em consideração a infraestrutura do ambiente, as fontes de circulação natural de ar, o fluxo de pessoas que circulam, as paredes que poderiam receber a instalação de um climatizador e outros fatores para saber a potência certa.

#4 Tipo de instalação

Uma das dicas finais, mas igualmente importantes, para escolher o climatizador ideal é saber as posições mais estratégicas para posicionar o climatizador. A instalação pode ser feita na parede, no teto ou pode ser usada no modelo portátil, sem instalação.

Conferir mais artigos